Dubai

A história do comércio antigo do Dubai desenterrada

A história do comércio antigo do Dubai desenterrada http://www.visitdubai.com/pt/articles/dubai-ancient-history-of-great-trade-economy 20161024T155624:636129213840322673 20161108T190223:636142285431980675 Herança e cultura Uma importante descoberta arqueológica no Dubai está a ajudar a reescrever a história da cidade depois de revelar a existência de uma cultura rica e de uma civilização avançada que remontam a milhares de anos atrás. O local da Idade do Ferro em Saruq Al Hadid, localizado a cerca de 70 km ao sul do Dubai, nos limítrofes de Empty Quarter, foi descoberto em 2002. História descoberta sobre a participação do Dubai em grandes rotas comerciais do mundo.

O Dubai é um centro para a economia global no século XXI. Uma nova evidência arqueológica mostra isso mesmo


Uma importante descoberta arqueológica no Dubai está a ajudar a reescrever a história da cidade depois de revelar a existência de uma cultura rica e de uma civilização avançada que remontam a milhares de anos atrás.




Destaques


1. Uma grande descoberta arqueológica de relíquias da Idade do Ferro no Dubai está a reescrever a história da cidade

2. As relíquias mostram que o Dubai tinha ligações comerciais com algumas das grandes civilizações antigas da Mesopotâmia, do Irão e do Vale do Indo.

3. A descoberta do comércio foi um ponto de viragem na civilização

O local da Idade do Ferro em Saruq Al Hadid, localizado a cerca de 70 km ao sul do Dubai, nos limítrofes de Empty Quarter, foi descoberto em 2002.

artigo-sarouq-al-hadeed-exterior

Por fim, depois de mais de uma década de um meticuloso processo de inventário, muitos dos artefactos descobertos estão agora num novo museu no Dubai, o Museu Arqueológico Saruq Al Hadid.

Com as escavações no local descobriram-se relíquias que mostram que o Dubai tinha ligações comerciais com algumas das grandes civilizações antigas da Mesopotâmia, do Irão e do Vale do Indo.

in-article-sarouq-al-hadeed-pottery-artefacts2

Os artefactos incluem joias de ouro sofisticadas e objetos de metal trabalhado, que indicam um nível de ciência industrial e crença religiosa que eram muito avançados para a época.

Uma das descobertas centrais é que existia um culto da serpente entre os povos nómadas da Península. As serpentes eram vistas como símbolos de fertilidade e da água e, possivelmente, da própria vida, ou até mesmo uma fonte de poder. O local remonta a mais de 4000 anos atrás, numa época em que a paisagem desértica do Dubai era um matagal, ou uma savana, ainda habitada por animais selvagens e com uma oferta mais acessível de água.

Saruq Al Hadid era um centro de fundição de cobre e um ponto de trânsito para os viajantes, bem como uma área de estabelecimento sazonal.

Por milhares de anos, o antigo local, que abrange vários períodos históricos, tem sido protegido da decadência e da exposição ao vento por um aterro de entulho − os fragmentos de crosta de resíduos metálicos deixados pelo processo de fundição.

Por baixo do entulho podem ser encontrados artefactos que incluem artigos de cobre e bronze, bem como ferro, e até mesmo alguns utensílios de aço, objetos de madeira, cerâmica, pérolas, conchas e ossos.

artigo-sarouq-al-hadeed-fundição-exposição

A forma destes artefactos varia. Foram encontradas cabeças de machado, pontas de flechas, facas, espadas, anzóis, pulseiras, panelas e punhais − apenas uma pequena fração do total, que também inclui joias de ouro e altares de ofertas.

Para os arqueólogos, estes artefactos fornecem vislumbres da sociedade da Idade do Ferro, um período de civilização na Arábia que data de entre 1200 a.C. a 500 a.C.

Este período produziu novas técnicas metalúrgicas para a criação de melhores ferramentas de corte e armas, desenvolvimentos que revolucionaram a sociedade humana. No entanto, as culturas da Idade do Ferro em todo o mundo também se caraterizavam por novas práticas na agricultura, diferentes crenças religiosas e novos estilos artísticos.

Foi numa época em que a Grécia antiga floresceu, quando a religião de Zoroastro no Irão começou e quando as grandes obras da religião indiana, as Vedantas e Upanishads, foram criadas. Foi também o início da história registada após os escritos cuneiformes da Idade do Bronze e hieroglíficos terem sido substituídos em muitas culturas pelo alfabeto fenício.

No mundo árabe depois de 1000 a.C., os arqueólogos acreditam que também houve um ponto de viragem na civilização. A população começou a crescer; os camelos foram domesticados e um novo sistema de irrigação, com canais de água, ou falajs, começou a melhorar a produção agrícola. Os artefactos do local de Saruq Al Hadid fornecem pistas para vários enigmas sobre o período da Idade do Ferro na região.

Um desses enigmas é saber como é que a água, o combustível e o minério foram trazidos para o local de fundição. O aterro de entulho abrange 1,5 hectares, mas está localizado a cerca de 50 a 100 km das fontes mais próximas.

Além de sinais de que podem ter sido utilizadas tendas ou cabanas nesse local, não há vestígios de estruturas edificadas que reflitam habitação humana ou a capacidade de armazenamento.

No entanto, antigos poços descobertos no local podem ter fornecido a água e arqueólogos como o Dr. Hussein Qandil, ex-diretor do Departamento de Arqueologia do Dubai, têm especulado que a árvore mais robusta do deserto, a perene árvore Ghaf, pode ter sido a fonte de combustível.

Outra intriga-chave diz respeito à natureza do culto da serpente que pode ter existido na Península Arábica. A "teologia" ou as crenças religiosas que sustentam o culto poderão nunca vir a ser conhecidas. O que se sabe é que vários locais na Península partilham o motivo da serpente.

artigo-sarouq-al-hadeed-terras-distantes-exposição

A descoberta de artefactos de serpente em bronze e cerâmica com imagens de serpentes em Saruq Al Hadid foi adicionada às informações de outros locais da Idade do Ferro no Dubai, em locais como Qusais e Masafi.

"Um culto da serpente com iconografia semelhante à encontrada em Saruq Al Hadid também está bem documentado no Egito, na Mesopotâmia, no Elam e no Levante do sul", disse o Dr. Qandil.

As serpentes simbolizam a fertilidade e a água, o solo e as águas subterrâneas e até mesmo proteção − a própria essência da vida num ambiente árido. O significado do seu ritual é revelador das forças culturais mais amplas.

Rashad Bukhash, o diretor do Departamento do Património Arquitectónico no Município do Dubai, sugere: "Talvez estivessem a adorar cobras ou consideravam uma cobra como algo que os protegia".

Como é que os vários locais da Idade do Ferro no Dubai e nos Emirados Árabes Unidos estavam ligados é também uma questão em aberto, tal como a extensão dos laços comerciais por terra ou mar para civilizações maiores, como as da Mesopotâmia (atual Iraque), do Irão ou da Índia.

No local foram encontrados, por exemplo, objetos de madeira, provavelmente do Mediterrâneo oriental. Mas o mais importante são os mais de 45 selos oficiais de diferentes países, incluindo do Egito Antigo.

Finalmente, há a questão fundamental sobre o porquê de tantos objetos valiosos terem sido deixados para trás nas areias. Será que algum infortúnio, ambiental ou de outra forma, assolou a colónia? E porquê a fundição começou nesse local específico?

Saruq Al Hadid foi descoberto por Sua Alteza Sheikh Mohammed bin Rashid Al Maktoum, Vice-Presidente e Primeiro Ministro dos EAU e governante do Dubai, durante um voo de helicóptero sobre a área.

Um artefacto-chave do local é um pequeno "anel" de ouro granulado que pode outrora ter sido parte de um colar. Agora é o logotipo oficial da Expo 2020 do Dubai (uma reunião das melhores mentes, tecnologia e atividades artísticas de mais de 180 nações, realizada de outubro de 2020 a abril de 2021), um símbolo apropriado do significado real de Saruq Al Hadid.

Segundo o Sr. Bukhash, os vários anéis de ouro indicam algo muito importante sobre a cultura da Idade do Ferro no Dubai.

"Eram pessoas com conhecimento, pessoas com ciência, que sabiam como usar o ouro e como derreter o ouro", disse ele.

"Foi uma civilização que evoluiu de um tipo de cultura muito simples para uma cultura desenvolvida."

1222
Portuguese Dubai Corporation of Tourism & Commerce Marketing

Booking Widget Title

Hotel Title

Flight Title

Também é capaz de gostar
The Ritz Carlton Spa Spas de destino no Dubai
Relaxar e Renovar
Rejuvenescer no The Ritz Carlton Spa
Dubai Outlet Mall  Centros comerciais
Canalize o comprador inteligente que há em si
Encontre uma pechincha no Dubai Outlet Mall
Times Square Centre BoutiquesExplore boutiques no Dubai
Tecnologia Chique
Faça compras no Times Square Centre
Clube de Golfe dos Emirados Golfe
Passe algum tempo a jogar golfe
Jogue no Emirates Golf Club
Eventos
Dubai Summer Surprises 2016